novembro 22, 2011

Bolinho de Chocolate com Caramelo e Avelãs


 
Oi Gente,

como prometido... aqui estamos. Mais um post, mais uma receita.
Comprei uma revista outro dia e estava vendo as receitas pras festas de final de ano, quando me deparei com essa receita e... falei.... és tu, tatu!!  
Enquanto no Brasil estão todos apitando no jogo de futebol, aqui todos são críticos gastronômicos. É impressionante como aqui, numa roda de conversa dos mais variados assuntos sempre se termina falando sobre o assunto predileto de todos: culinária. Das tradição gastronômica nas diferentes regiões, os pratos da infância até o vinho que acompanha melhor cada prato ou quais são as verduras ou temperos da estação e onde são produzidos. Para os italianos, idosos e jovens, homens e mulheres, o prazer não é só no comer mas também em falar sobre comida.
Bom, voltando para o doce desta semana, ele  é um pequeno prazer... quando falo 'pequeno' é por causa do seu tamanho: é um mini bolinho que fecha muito bem qualquer refeição.
Mas ele não tem uma consistência de bolo, na verdade ele lembra o brownie por ser molhadinho e denso mas tem um toque especial do caramelo que o faz ficar levemente crocante, além das avelas.
Como diz na revista sobre as festas de fim de ano: "a refeição pode ser calórica, mas ninguém está disposto a abrir mão do doce." Então mãos a massa!



Ingredientes

 
- 2 ovos (aproximadamente 100g)
- 200g chocolate amargo 70%
- 180g açúcar
- 50g de avelãs ou amêndoas (fatiadas)
- 100g manteiga
- 40g farinha

Antes de tudo
- escolha as formas onde você vai colocar o doce para assar.
- nessas forminhas forrar o fundo com as amêndoas ou avelãs.
- pegue 80g dos 180g de açúcar e faça um caramelo claro. Quando estiver todo liquido, colocar 2 colheres de água e misturar energicamente.

 
- colocar esse caramelo sobre as 'nozes' escolhidas e eserar que esfriem e o caramelo se solidifique.
- separar os ovos em gemas e claras

Modo de Fazer


1- No microondas ou em banho maria, derreter a manteiga e o chocolate e, depois, misturá-los.


2- Bater as gemas com o açúcar até que fiquem com uma consistência cremosa.

 
3- Em um outro recipiente e sem o menor vestígio de água e de gema, bater muito bem as claras (deixando bem consistente).


4- Juntar as 3 misturas, deixando as claras por ultimo e misturando delicadamente e depois a farinha.
5- Colocar a mistura sobre as avelãs/amêndoas mais caramelo e assar em forno pré-aquecido a 180°C, por 20-25 minutos.

Este doce pode ser comido quentes ou frio, mas lembre-se que se for pra comer quentes, espere uns 5 minutos antes de tirar da forma.


Bom Apetite

novembro 08, 2011

Bolo de Chocolate com Peras



Oi gente,

semana passada, foi a semana das receitas sem glúten na escola: biscoitos, pães, bolos... algumas coisas não ficaram tão boas não mas teve um bolo que foi uma delícia, de comer de olhos fechados... O glúten é um proteína que, pra explicar de uma maneira bem simples, se forma quando se mistura farinha e água. Quando se forma é ele que dá aquela consistência elástica à massa do pão, antes de assar.
Para se fazer receitas que não tenham a farinha ela deve ser substituída por algum ingrediente que não contenha o glúten e que pode ser amido de milho (maizena), amido de batata, amido de mandioca (polvilho) farinha de milho, de arroz, quinoa, pra citar os mais conhecidos. Quando estiver fazendo uma receita sem glúten é sempre bom tomar muito cuidado para não contaminar com farinha normal. Aqui na Itália, por exemplo, se algum estabelecimento comercial quiser fazer produtos sem o glúten, tem que ter uma certificação do governo italiano para que tudo seja 100%, sem glúten.

Bom, voltando ao assunto do post, o bolo que foi uma delícia... é de comer de olhos fechados e fazendo aquele hummmm... era como ter um pedacinho do céu na boca. A mistura foi de chocolate amargo e pera cozida num xarope de água e açúcar... um sonho, até mesmo pra quem não gosta tanto de pera. O chocolate no meio do bolo ainda não estava cozido, então fica bem parecido com um petit gateau e ainda com as peras por cima e no meio do bolo.... resumindo, uma delicia... e o melhor de tudo: sem glúten.



Ingredientes

- 150g açúcar
- 2 ovos (aproximadamente 100g)
- 1 gema (aproimadamente 20g)
- 150g chocolate amargo
- 150g manteiga
- 100g amido de milho (maizena)
- 5g fermento
- 8 peras cozidas no xarope

antes de tudo
- preparar as peras


    - com fogo baixo, ferver 500g de água com 630g de açúcar, o suco de 1 limão mais a casca raspada;



   - descascar as peras, cortar na metade e coloca-las no xarope que está fervendo para amolecer, por alguns minutos, não precisam ficar moles, elas vão amolecer um pouco mais quando voce tirar da panela;
    - tirar e deixar num coador para que sequem um pouco, querendo você pode fazer no dia ou na manhã anterior e, quando estiverem mais secas, colocar num pote e guardar na geladeira para o dia seguinte, quando voce for fazer o bolo;

- misturar o ingredientes secos (amido e fermento)
- untar a(s) forma(s) com manteiga e farinha
- quando você for começar a preparar o bolo, ligar o forno a 175°C.
- juntar e peneirar o amido de milho e o fermento

Modo de Fazer 

 
1- Bater os ovos com a gema e o açúcar.
2- Derreter a manteiga e o chocolate em banho maria ou no microondas e misturar os dois.

 
3- Misturar, delicadamente, a mistura de amido e femento aos ovos batidos com açúcar.

 
4- Adicionar à mistura o chocolate derretido com a manteiga.
5- Colocar numa forma de 24cm ou em pequenas formas de cupcake e depois, colocar sobre os pedaços de pera.
6- Assar por 35' em forno pre-aquecido a 175°C.
7- Quando tirar do forno esperar uns 2 ou 3 minutos antes de tirar da forma e...


... bom apetite.

novembro 01, 2011

Passeios e descobertas I


 
Oi Gente,

Hoje não vai ter receitas.... vou contar pra vocês um pouco do que tenho feito por aqui e das descobertas. Semana passada dei uma de turista e resolvi ir a Pisa, cidade famosa pela torre 'torta'. Nunca tinha dado muita bola para ela, então resolvi dar um passeio na cidade e saber o que tem em Pisa além da torre.


Me surpreendi com a cidade e com a torre, que está numa praça muito bonita e agradável, chamada Praça dos Milagres, onde ficam também a Catedral e o Batistério. Um outra coisa muito legal na torre e na catedral é quando se vê de perto coisas escritas em algumas pedras. Andar pelas vielas da cidade e descobrir lojas, confeitarias e tantos outras curiosidades é o que torna mais divertido visitar uma cidade. Vale a pena se perder no caminho da estação de trem até a torre.



O único lugar que  fui, com passagem programada, foi a loja de chocolates DeBont, chocolate artesanal excelente. Paul DeBont, é um holandês que está aqui na Itália há um bom tempo e está na lista dos melhores chocolateiros artesanais do mundo. Olhando do lado de fora, não se dá nada pela loja. A magia começa quando se entra, porque além das maravilhosas criações com chocolate têm varios produtos relacionados ao universo de sabores: chás, cafes e especiarias diversas, alem de chaleiras orientais, canecas com designs modernos e mokas coloridas e divertidas.



Voltando à estrela da loja, lá tem barras de chocolate com frutas secas, avelãs, pistaches, nozes e até flores. A loja também vende pralines, fruta seca coberta com chocolate (como laranja, que eles adoram aqui na Itália), trufas de chocolate e chocolate em diferentes percentuais de cacau, de 30% até 100%. Querendo, vocês podem conferir a gama de produtos dele no site http://www.debondt.it 


 



Em um outro dia, resolvi fazer o mesmo em Florença. Apesar das temperaturas estarem caindo por essas bandas, o tempo tem estado ótimo: céu limpo e azulzinho, uma delícia para dar uma caminhada pelas ruas da cidade e redescobrir partes dela aonde não ia há algum tempo. Não é que achei várias lojas super legais?!?! Pra variar, a grande maioria são gastronômicas.

A primeira coisa curiosa foi uma loja de tênis 'brasileira' chamada "Não", que abriu uma filial aqui em Florença, essa aí da foto. Por acaso tem no Brasil? Eles contam que foi criada por um cara no interior de Minas Gerais com lojas também em St. Tropez, Londres e Paris. A origem do nome  e os produtos vocês podem ver no site da loja http://www.naodobrasil.com.

Do lado dessa loja, o que tinha chamado a atenção foi a fila fora de uma loja, dai pensei: bom, devem estar fazendo fila de propósito, para chamar a atenção das pessoas que passam ou então estão dando alguma coisa de graça... me enganei quando cheguei perto e vi, além da fila, a loja lotada por dentro... a loja era nada mais nada menos do que a Tiffany & Co. Dai pensei, só pode ser um monte de turistas... fiquei um tempo ali perto ouvindo as pessoas e eram, na grandíssima maioria pessoas daqui da cidade... as mesmas que vivem reclamando da crise haha.


Continuando o passeio atravessei o rio Arno e vi um mar de gente sentada sobre a ponte, pegando sol, parecia um monte de lagarto se esquentando no sol da manhã. Passei por um restaurante chamado Il Santo Bevitore (http://www.ilsantobevitore.com/home.htm), que tem ao lado sua loja de sanduiches chamada Il Santino. É um restaurante que foi criado por 3 amigos há alguns anos aqui na cidade. Eles começaram como um ponto de encontro para os amigos e família e, hoje em dia, são um lugar de sucesso com preços razoáveis. Já ouvi falar muito bem e um dia vou jantar lá.



Na mesma rua encontrei o Olio & Convivium, restaurante e loja gourmet que fazem parte do grupo Convivium. O restaurante tem alguns ambientes, o mais legal é o que tem uma mesa pra 10 pessoas, do lado tem uma grande janela de vidro, através da qual se vê a cozinha e todos os pratos e sobremesas sendo feitos. Eu adoraria sentar numa mesa dessas e ficar vendo a cozinha 'pegar fogo'! Tem um outro ambiente mais tranquilo com mesas menores no meio da adega do restaurante, mais silencioso e aconchegante. Na parte de produtos gourmet, tem presuntos, salames, queijos, geleias, chocolates, uma infinidade de produtos maravilhosos, alguns deles dentro daqueles armários com porta de vidro, feito com madeira escura e paredes com ladrilhos quem lembram a casa das Nonna ou lojas como Lidador, no Rio. Quem quiser saber este é o site http://www.conviviumfirenze.it/.


Continuando o passeio e chegando mais perto de um dos pontos turisticos mais conhecidos da cidade, o Palazzo Pitti,  antiga residência da Familia Medici, me lembrei de um lugar que adoro, a pasticceria Dolcissima. Eles fazem doces pequenos como mini cheesecakes, bombinhas, trufinhas... enfim, tirando as tortas, quase tudo que eles fazem é mignon. Tem um ar de confeitaria francesa, mas chique com os doces expostos como joias. O site deles não faz jus à loja mas pra quem quiser ver, http://www.dolcissimafirenze.it/


Quando cheguei na Piazza Pitti achei uma nova loja que adorei... só chocolate. Eles têm ótimas marcas de chocolate como Amadei e Domori além do próprio chocolate, que eu ainda não provei mas pra ter essas marcas de chocolate, eles devem ser bons. Infelizmente só deu pra tirar duas fotos da vitrine. O nome desta loja é OroNero Chocolatl Tè Firenze. Eles vendem produtos pra quem tem não pode comer açúcar e glúten, por exemplo, além dos diversos chás. Vale a pena visitar.



Pra fechar o passeio com chave de ouro, passei num dos meus lugares favoritos na cidade onde me sinto em casa... a sorveteria do meu amigo Samio, onde ele me recebeu com um copo de suco de caju. Além desse sabor ele também tem sucos de manga, maracujá, acerola, cajá entre outros... mas o meu favorito é o Açaí!!! Pena que tinha acabado poucos minutos antes senão eu sairia de lá com a língua roxa, de tanto comer açaí. Os sorvetes também são uma delicia... o meu preferido é de queijo de cabra com nozes!




Depois da maratona gastronômica visual fui fazer um jantar porque estava morrendo de fome! Nos vemos próxima segunda com uma nova receita feita em aula que a assistente de fotografia elegeu como sua nova receita preferida depois de provar... Uma dica... leva chocolate :)